Polícia Militar lança Rede de Comerciantes Protegidos - Gminas TV - Gminas TV

Polícia Militar lança Rede de Comerciantes Protegidos

Placas foram entregues e grupo de WhatsApp foi criado

Para integrar ainda mais o elo entre Polícia Militar e comunidade, a Corporação, por meio da 79º Cia PM, lançou, na manhã de 05 de Setembro, a Rede de Comerciantes Protegidos. O evento deu se inicio na Rua Monte santo de Minas, e Agostinho Barbalho, no Bairro Recreio dos Bandeirantes e se estendera por outros bairros de Guaxupé (MG), a rede foi criada como um desdobramento de outro programa de sucesso da PMMG, a Rede de Vizinhos Protegidos. O programa, que se originou na cidade de Belo Horizonte há cerca de seis anos, e tem o objetivo de firmar ainda mais a proximidade entre polícia e comunidade, a vigilância constante é uma das primícias do programa, que integra comerciantes e PMMG. Uma das armas é a Rede de WhatsApp utilizado sempre que há suspeita ou flagrante de crime, inibindo a ação criminosa nos comércios. A utilização câmeras e outros meios de inibição estão surgindo, com ideias vindas de comerciantes. Mais de 150 lojistas de Guaxupé estarão interligados por meio de uma rede de solidariedade para tratar e solucionar os problemas relacionados à criminalidade nos comércios de Guaxupé. Após várias reuniões entre os comerciantes e a Polícia Militar, a primeira ação foi a criação do Grupo de WhatsApp, a segunda o lançamento do projeto, por meio da identificação feita por um placa afixada na parte externa do estabelecimento com os dizeres “Comercio Monitorado” Rede de Comerciantes Protegidos. Nesta primeira etapa do projeto, os comerciantes irão contar com assessoria de um PM que irá fazer visitas aos estabelecimentos, fornecendo dicas de segurança. A participação nas reuniões com a Policia Militar irá possibilitar uma otimização dos recursos humanos e logísticos a fim de melhor empregar o policiamento em Guaxupé. Outro fator fundamental será a melhoria do relacionamento e integração entre os próprios comerciantes e a Polícia Militar, no qual possibilitará a discussão conjunta para a solução dos problemas que afligem toda a comunidade. O objetivo da rede é aumentar o número de participantes e fortalecer cada vez mais o projeto. A Rede de Comerciantes protegidos pretende também que outros órgãos participem do projeto, contribuindo para que os objetivos possam ser alcançados, para ingressar no projeto a única exigência feita pela Polícia Militar é a boa vontade e participação nas reuniões.

Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei nº 9.610, de 19/02/1998. Nenhuma parte deste site, sem autorização prévia por escrito dos responsáveis, poderá ser reproduzida ou transmitida sejam quais forem os meios empregados: eletrônico, mecânicos, fotográficos, gravação ou quaisquer outros.