Blairo Maggi conhece a cafeicultura no complexo da Cooxupé - Gminas TV - Gminas TV

Encontro com cafeicultores e outros nomes do setor fez parte da visita

IM4A4480fO ministro da Agricultura Blairo Maggi esteve no dia 18 de agosto em Guaxupé, sul de Minas Gerais, para conhecer mais detalhes sobre a cafeicultura brasileira.  A visita foi acompanhada da equipe da Cooxupé, maior cooperativa de café do mundo, do Presidente da cooperativa, Carlos Alberto Paulino da Costa e de outras autoridades do setor cafeeiro como o Presidente da Comissão Nacional do Café (CNA), Breno Mesquita, Mauricio Lopes, Presidente da Embrapa e Silas Brasileiro, Deputado Federal e presidente da CNC (Conselho Nacional do Café), entre outros.

A recepção aconteceu às 09h30 no aeroporto municipal da cidade e em seguida o parlamentar visitou uma propriedade na região de um dos cooperados atendidos pela Cooxupé e pode ver de perto a produção cafeeira da região desde as máquinas, as áreas de secagem e seu transporte. Ainda pela manhã o ministro conheceu as estruturas da Cooperativa como o Complexo Industrial Japy, reconhecido como o maior do Brasil e a Torrefação da Cooxupé. Após o almoço, o ministro Blairo Maggi conheceu o Laboratório de Controle de Qualidade e pode ver todo o processo de classificação dos cafés dos cooperados deste a identificação, separação categorização até a mesa de degustação e armazenagem.

Às 15h aconteceu no auditório um encontro com produtores de café,  imprensa e autoridades do setor. Na ocasião, Carlos Alberto Paulino da Costa, presidente da Cooxupé, apresentou os dados da cooperativa e agradeceu a presença ilustre do ministro. “É com grande satisfação que recebemos um representante do agronegócio e do governo Brasileiro que tem uma visão de crescimento. Temos a certeza que com responsabilidade e compromisso o agronegócio assumirá cada vez mais o papel de destaque na economia que já vem exercendo há muito tempo”, comentou.

IM4A4298fO ministro Blairo Maggi agradeceu a receptividade e colocou o ministério à disposição dos cafeicultores, entidades e cooperativas de café para discutirem juntos as melhorias que podem ser feitas em prol do setor. “Desde o momento que assumi o ministério levo o compromisso de construir uma gestão da transparência. Sem rodeios, sem enrolações, e sem viés ideológico. Apenas com um propósito: trabalhar para estimular a agricultura, pois ela é um dos fatores principais que movem a economia do país”, comentou. O ministro ainda afirmou que no atual momento politico do país, o produtor rural deve ajudar o governo e a sociedade. “Eu sou produtor rural e sempre reclamei muito da maneira como o governo olhava para o setor. Mas hoje posso ajudar a melhorá-lo e preciso da ajuda de vocês. Agradeço a oportunidade de poder conhecer o trabalho que a  cooperativa faz aqui em Guaxupé e em toda a sua área de atendimento”.

O parlamentar aproveitou a oportunidade para anunciar que ainda este mês, juntamente com o Presidente interino do Brasil, Michel Temer, fará um anuncio com medidas que pretendem promover o setor agrícola. “Serão em torno de 60 medidas que trarão benefícios que podem chegar à R$ 1 bilhão na economia. O Brasil passa por um momento difícil, mas precisamos trabalhar juntos para chegarmos ao ponto certo. O ministério é a casa do produtor rural e estamos prontos para receber os problemas e as demandas de vocês”, afirmou aos produtores presentes.

Blairo Maggi encerrou o encontro firmando seu compromisso à frente do ministério da Agricultura, Pecuário e Abastecimento. “Se nesta oportunidade à frente do ministério me fizerem escolher entre a indústria e a agricultura, defenderei a agricultura e pecuária Brasileira. Eu e todos os que compõem o ministério temos este mesmo ideal de investir na evolução do setor e ajudar o Brasil a sair da crise”, finalizou.

Ainda na ocasião, o ministro respondeu perguntas dos cooperados inclusive uma delas relacionadas à falta de segurança nas lavouras, problema constante em propriedades da região de Guaxupé.

Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei nº 9.610, de 19/02/1998. Nenhuma parte deste site, sem autorização prévia por escrito dos responsáveis, poderá ser reproduzida ou transmitida sejam quais forem os meios empregados: eletrônico, mecânicos, fotográficos, gravação ou quaisquer outros.